[Mochilão 15] Dia 7: Banff - Vancouver


De manhã, quando acordei, conheci um chileno no quarto gente finíssima. Disse que era a primeira vez dele no exterior, e que ele estava adorando tudo, porque era tudo novidade. E eu contei que o Chile era um país especial para mim, porque foi lá que fiz o meu primeiro mochilão em 2004.

Encontrei com o irlandês, o australiano e a holandesa no café da manhã. Esperamos um pouco pela americana, mas ela não apareceu no horário que combinamos (9h), então partimos. 

Demos uma passada no supermercado para comprar uns sanduíches e água e pegamos a Trans-Canada Highway em direção ao Lake Louise, a 60Km de distância de Banff.



A primeira visão do Lake Louise é impactante. Ele tem águas verde-esmeralda que refletem as belas montanhas nevadas. O tempo estava encoberto e por isso a luminosidade não era a ideal, mas mesmo assim era uma paisagem de tirar o fôlego!!






Pegamos uma trilha às margens do lago:



Esquilo:


Perigo de queda de blocos de gelo:


Placa alertando sobre o perigo de avalanches:



Uma pequena "praia" do outro lado do lago:





Continuando na trilha:



Neve na trilha:





A medida que seguíamos pela trilha, a temperatura ia caindo. Estava batendo um vento gelado. Por sorte eu estava com um casaco bom que tinha comprado no Chile e que me protegeu bem, mas senti falta de uma luva. Toda vez que tirava as mãos do bolso, elas chegavam a doer!!






O Lake Louise ficou pra trás:


Montanhas nevadas:


No final da trilha chegamos a esta pequena lanchonete:






 Sopa de copinho pra esquentar um pouco ($5,50 = R$14,70)



De volta ao Lake Louise com um pouco mais de luminosidade:



Fomos depois para o Moraine Lake, a 14 Km do Lake Louise.

Achei esse lago ainda mais bonito:


A gangue do Samesun!!



Voltamos pra Banff e deixei a galera no hostel. Eles queriam me pagar alguns dólares pela carona mas eu não deixei. Me despedi deles e peguei a estrada de volta para Calgary.

Cheguei em Calgary por volta das 20h e devolvi o carro no aeroporto.

Embarquei rumo a Vancouver e cheguei lá às 22h. Aconteceu algo curioso. Cheguei em Vancouver quase na mesma hora que embarquei em Calgary. É que Vancouver tem menos uma hora de fuso, e o vôo durou aproximadamente 1h.

Comi uma fatia de pizza e um suco de kiwi na 7-Eleven do aeroporto ($4 = R$10,70).

Peguei o metrô rumo ao centro da cidade ($7,75 = R$20,75)

Me hospedei no mesmo hostel onde havia ficado antes de ir para Calgary, o Samesun Backpackers (diária $43 = R$115 no quarto coletivo com 4 camas).

No quarto conheci um australiano. Confesso que não entendia quase nada do que ele falava, e eu tinha que ficar pedindo toda hora para ele repetir. 

2 comentários:

  1. Eu nunca tinha ouvido falar destes lagos. Bela paisagem digna da Escandinávia.
    Eu pensava que apenas a província do Québec fosse oficialmente bilíngue.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, os parques nacionais do Canadá são bem pouco conhecidos por aqui. Eu me arrependo muito de ter reservado apenas 2 dias para explorar Banff. Queria ter deixado mais 2 dias porque tem muita coisa legal pra ver naquela região, como o parque nacional de Jasper, que é do lado.

    Só Quebec e a capital Ottawa são bilingues. O que acontece é que eles colocam algumas placas em inglês e francês em outras províncias para que todo mundo possa entender, mas as pessoas só falam mesmo inglês.

    ResponderExcluir

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...