[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio


Último dia da viagem. :-(

Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus).

Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc):



Charrete:



Aproveitei o dia para explorar mais a parte nova da cidade (bairro St Jean Baptiste), que fica fora das muralhas que cercam a cidade antiga.

Boulevard René Lévesque, a principal avenida da cidade:




Avenue Honoré Mercier:





Ônibus carregando uma bicicleta:



Rue Saint Jean, onde há muitos bares e restaurantes com preços bem mais em conta que na cidade antiga:





Uma rua residencial:



O que mais se vê nas ruas de Quebéc são placas alertando sobre o risco de queda de blocos de gelo dos telhados nas calçadas, algo comum de acontecer no inverno, representando um risco para os pedestres.




Parlamento de Quebéc:



No topo do edifício mais alto da cidade há um mirante, o Observatoire de la Capitale:



A entrada custou $14 (R$37,50).

Mirante no último andar:



Vista da cidade antiga:



Um zoom no Château Frontenac:



A parte nova de Quebéc:




A Cidadela de Quebéc, e do outro lado do rio, a cidade de Lévis:



Almocei no Chez Amira, um restaurante marroquino que encontrei por acaso andando pela rua:




Havia um cardápio com "almoço executivo" por $10 (R$27) + impostos. Bem barato!



De entrada, sopa de lentilhas:



Couscous marroquino (muito bom!!):



Painel na parede sobre o filme Casablanca:



A conta deu $17,50 (R$47) incluindo "une verre de bière Boreale" (copo de cerveja Boreale).

Consegui me comunicar 100% em francês no restaurante e entender o carregado sotaque quebequense da garçonete!! :-)

Voltando para a cidade antiga:




Um dos portões de entrada da cidade antiga:




A hora de partir já estava quase chegando. Dei a última volta pela cidade antiga:




Vista da cidade baixa e da cidade de Lévis do outro lado do Rio São Lourenço:



Deck de madeira na cidade alta:





O Château Frontenac:





Recepção:



Corredor com lojas no térreo:



Bar:



Antes de voltar pro hostel, passei na Tim Hortons para comprar minha "merenda" para mais tarde. Provavelmente no aeroporto os preços seriam mais altos.




Comprei um "Panini Poulet à la Touscane" e um doughnut de framboesas ($7,80 = R$21). Tentei pedir em francês, mas foi um custo para a caixa conseguir me entender.



As tentações da Tim Hortons aguçando o pecado da gula! :-)



Voltei pro hostel, peguei minha mochila e pedi na recepção para eles chamarem um taxi. 

Um detalhe: não há transporte público direto entre o aeroporto e o centro antigo de Quebéc. Até dá para ir de ônibus, mas tem que fazer uma baldeação e demora bastante. Nessa os taxistas da cidade se dão bem. 

A corrida até o aeroporto tem um preço fixo de $34,25  (R$92), mas no Canadá os taxistas esperam receber uma gorjeta de pelo menos 10%. 

O simpático taxista fez a pergunta padrão:

- Where are you from?
- Brazil.
- Ah, Braziiiil! Nice! I'm from Algeria! I love soccer!

E aí o papo foi longe, como vocês podem imaginar.

Embarquei às 20h rumo a Toronto (2h de voo).

Pôr-do-sol no horizonte sobrevoando os incontáveis lagos canadenses:




Uma coisa beeeem estranha no aeroporto de Toronto é que os passageiros não passam por nenhum controle de passaportes ao embarcar em voos internacionais. Ou seja, não recebi no meu passaporte o carimbo de saída do Canadá. A conexão que fiz parecia até de voo doméstico.  Fiquei com a pulga atrás da orelha, mas depois me informei melhor e vi que é assim mesmo. O Departamento de Imigração do governo canadense recebe das empresas aéreas os números dos passaportes dos passageiros que embarcam em voos internacionais e saem do país.

O embarque foi às 23h e até o Rio foram 10h de voo.

Minhas preces para a Nossa Senhora da Poltrona Ao Lado Vazia novamente surtiram o efeito esperado, para a alegria das minhas pernas !! Viajei com bastante espaço e deu até pra dar umas cochiladas!!




E assim terminou a Operação Maple Leaf !! Valeu muito a pena ter conhecido esse país fantástico que é o Canadá! Obrigado por terem acompanhado as aventuras por aqui, e espero que tenham curtido "viajar comigo" mais uma vez! :-)

O próximo mochilão em 2017 já está no forno! Possíveis destinos:

- África do Sul + Moçambique + Tanzânia
- Queensland (norte da Austrália) + Bali
- Irã + Turquemenistão + Uzbequistão + Azerbaijão
- Suiça + Escócia + Irlanda + Islândia
- Eslovênia + Albânia + Macedônia + Bulgária

E aí, o que vocês escolheriam? (Ok, ok, pode confessar que você soltou uma leve risada quando leu os nomes de uns paises meio exóticos que coloquei na lista acima, hehehehehe!)

Até ano que vem! Abraços!! 

Comentários

  1. Alexandre, muito obrigado por dividir conosco as suas aventuras. É o blog mochileiro que eu mais gosto. Se não fosse o clima sub-ártico eu moraria no Québec ou em Alberta numa boa.
    Se você não for para Suíça, Escócia, Irlanda e a maravilhosa Islândia eu vou torcer para que a sua próxima prefeita seja a Jandira Feghali, fa da Albânia de Enver Hoxha.
    Um grande abraço e é uma pena que a gente seja pobre e tenha que viajar tão pouco, rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu que te agradeço por ter prestigiado mais uma vez o blog! Essa opção de destinos é realmente tentadora! Vamos avaliar! :-) Jandira prefeita do Rio seria o apocalipse, fim dos tempos...ahahaha! Abs.

      Excluir
  2. Mais uma viagem...mais uma aventura... mais um excelente relato de viagem... hora ai está um destino que passou a constar da minha lista.

    Aguardo ansiosamente pelo próximo Mochilão, seja qual for a sua escolha... será sempre excelente... Sendo que a ultima opção será bem interessante e financeiramente bastante em conta...

    Grande abraço e tudo de bom :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Celso! Sim, vale muito a pena conhecer o Canadá! Recomendo muito! Quanto a última opção, vamos avaliar...imagino que seja realmente uma pechincha :-)

      Abs.

      Excluir
    2. Valeu Celso! Sim, vale muito a pena conhecer o Canadá! Recomendo muito! Quanto a última opção, vamos avaliar...imagino que seja realmente uma pechincha :-)

      Abs.

      Excluir
  3. Graaaande Alexandre! Mais uma excelente!

    Definitivamente não sou mais avisado das atualizações do blog. :(

    Estive agora de férias no Equador (Galápagos!). Coloque na sua lista, meu caro!

    Canadá esteve na minha mão para ir uns anos atrás, mas a chateação de obter visto na época (pagar, pedir, esperar pra talvez ter, 6 semanas) me desmotivou muito, então fui desbravar a terra do Pet, Bósnia e Romênia (inclusive lembro que um dos dias -- o de ir ao Maraka do time do Pet -- foi inteiramente inspirado no teu blog!). Eu adoro hóquei no gelo e acho que adoraria o Canadá, mas tenho dado preferência a países mais abertos ao turista. De qq forma, teu relato me deixou com o país novamente no radar.

    Torço para que vc desbrave a África, ou mesmo o Irã -- tb estão no meu radar. Achei a tua ideia de Irã e os "ões" excelente!!

    Ah, e tb curti muito as Olimpíadas na cidade!

    Valeu mesmo por compartilhar mais uma bela viagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Marcelo!

      Equador é um lugar que eu queria conhecer! Deve ser bem legal.

      Que honra saber que o blog te inspirou nos passeios lá na Sérvia! Hehehe! Isso me motiva muito a continuar escrevendo e compartilhando as aventuras.

      A boa notícia é que o Canadá deve abolir a exigência de visto para brasileiros que tiraram o visto americano nos últimos 10 anos! É realmente chata a burocaracia do visto e a sabatina que eles fazem na imigração lá, mas tirando isso, é só alegria! Vale muito a pena.

      Tô muito tentado a visitar a África do Sul. Acho que vai rolar. Vamos ver.

      Que estranho que o Blogspot não está mais te enviando email com as atualizações!

      Abs.

      Excluir
  4. E aí, Alexandre, como vão as coisas?
    Imagino que você já esteja com tudo pronto para a sua próxima viagem em maio, não é?
    Eu aqui estou ansioso pois como somente posso viajar em julho não estou satisfeito com os altos preços dos voos, nada de promoção para a Europa até o momento.
    Um abraço,
    Enaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Enaldo! Você acertou em cheio...minhas férias já estão chegando! O tempo voa!! Dia 26/05 embarco pra Sydney, e no inicio de junho vou pra China (Xian, Xangai e Changsha). Rolou uma promoção imperdível de passagens pra Austrália na Qantas, e aí não resisti!! Ontem descobri umas passagens ridiculamente baratas da Austrália pra China (R$850 os 4 trechos!), e resolvi comprar. Novas aventuras a caminho! Eu tbm pensei em ir pra Europa, mas realmente os preços me desanimaram. Tava mais caro que ir pra Austrália. Tá rolando uma promoção boa pra África do Sul..R$1750 tentação! É outro lugar que queria conhecer.
      Abs.

      Excluir
  5. Oi, Alexandre.
    Devido ao fato das companhias aéreas estarem bebendo maconha e colocando os preços dos voos para a Europa para além dos 4 mil em julho eu acho que vou aproveitar os voos da TAAG para Cidade do Cabo ou Joanesburgo na faixa dos dois mil. Eu não sei se lá tem o que fazer por um período de quinze ou vinte dias. Você conhece pessoas com o seu perfil de turismo "investigativo", rs., que estiveram por lá e têm dicas?
    Obrigado e um abraço.
    Enaldo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Enaldo, infelizmente não conheço ninguém, mas eu mesmo já dei uma pesquisada sobre o país. Inicialmente meu plano era ir pra lá nessas férias. Acho que vale a pena ficar uns 5 dias no mínimo na Cidade do Cabo, porque tem muita coisa legal para ver nas redondezas. Me parece que alugar um carro lá é uma boa para explorar melhor a região. Dizem que a rota Cidade do Cabo-Port Elizabeth é muito interessante para fazer de carro. Dá uma pesquisada. Joanesburgo não tem muitos atrativos e dá pra ver 1 ou 2 dias. Só vale a pena o museu do Apartheid e a casa do Nelson Mandela. Muita gente aproveita também para fazer um safari no Kruger Park. Acho que no total dá pra ver isso tudo em 15 dias.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

[Mochilão 14] Dia 9: Cartagena-San Andrés

[Mochilão 12] Dia 12: Copacabana - Cusco

[Mochilão 13] Dia 20: Abu Dhabi-Dubai