[Mochilão 14] Dia 12: San Andrés-Rio

Último dia da viagem....:-(  

Fiz o checkout e guardei meu mochilão na recepção. Com meu vôo foi só às 18h, deu tempo de curtir o dia na praia.


Cena típica de San Andrés: um monte de carrinhos de golf e motos pelas ruas:


Acordei tarde e perdi o horário do café da manhã. Comi numa padaria perto do hostel.


Biscoitos e suco de laranja (6.200 pesos = R$8,40). O atendimento no balcão era sofrível. Acho que o calor deixa as pessoas na ilha meio molengas.



Fui para a Playa Sprat Bight, que fica perto do hostel (uns 15 minutos a pé).







A ilha de Johnny Cay:


Jet Skis:

Mapa das redondezas:



Calçadão da praia:


Seja educado ! :-)


Playa Sprat Bight:











Almocei no Tabolara, o mesmo restaurante onde fui ontem. Tinha faltado luz quando cheguei, o que transformou o lugar numa sauna. 


Pedi uma "bandeja paisa" (feijão, arroz, ovo, linguiça, carne e banana frica). Veio também uma sopa de entrada.


Aguadepanelas (rapadura derretida com limão e gelo):


O noticiário da TV informava que o dólar havia chegado ao valor recorde de 3.000 pesos, para desespero dos colombianos que almoçavam lá. Um deles resmungou:

- Nooooo ! Cuando llegue a 4.000 pesos, me voy p'a los Estados Unidos ! Me voy !

A conta deu 12 mil pesos (R$16,20).

Voltei pro hostel, tomei um banho (me deixaram voltar no quarto mesmo depois de ter feito checkout...show de bola !!) e fui andando pro aeroporto (10 minutos a pé).

No caminho, um estádio de baseball:


Aeroporto de San Andrés:





O saguão de embarque do aeroporto era uma sauna !! Sinistro demais o calor.  Devia estar uns 35 graus lá dentro. Ventiladores de teto gigantes só espalhavam o ar quente pelo ambiente e não ajudavam em nada.


A sala de embarque pelo menos tinha ar condicionado.

O voo atrasou 40 minutos, e fiquei preocupado com o tempo apertado da conexão em Bogotá.

Vista de San Andrés logo após a decolagem:


2h de vôo até Bogotá:


No aeroporto de Bogotá, o avião aterrisou e ficou parado quase meia hora aguardando autorização para estacionar. Isso complicou ainda mais o tempo de conexão, que já estava curto por causa do atraso em San Andrés. Ainda precisei pegar um ônibus para trocar de terminal e pegar a fila do controle de passaportes. Saí correndo pelo aeroporto feito um maluco, e quando cheguei no portão de embarque, já estava iniciando o embarque. Não deu tempo de trocar os pesos que tinham sobrado por reais. Deveria ter trocado em San Andrés. Fiquei com 160 mil pesos (R$216) "micados" na carteira, que não vou conseguir trocar no Rio porque nenhuma casa de câmbio aceita. Ficarão guardados para quando eu voltar na Colômbia algum dia.

O voo decolou às 22h, e cheguei no Rio às 6h da manhã (+2h de fuso horário).


Assim termina a Operação Fênix ! Foram 12 dias incríveis !! Nunca havia pensado em conhecer a Colômbia. Este país superou totalmente as minhas espectativas. Agora percebo como somos preconceituosos com relação aos nossos vizinhos sul-americanos. Talvez a recíproca também seja verdadeira. Enfim, nada como uma viagem como esta para te ensinar um pouquinho mais sobre este mundão, e te ensinar a ser um pouquinho menos preconceituoso.

Para aqueles que tiveram paciência de ler os posts todos desde o início da viagem, obrigado por prestigiar o blog !

Até o próximo mochilão ! 

17 comentários:

  1. Uma colega minha que já esteve na Colômbia, Peru, Chile, Argentina, Venezuela e Uruguai também diz que perdeu os preconceitos contra nossos vizinhos (embora ainda prefira a Europa, óbvio). Enquanto lia os seus posts procurei passagens Rio-Bogotá para janeiro pela Avianca: 6 mil reais! É o que gasto em quinze dias na Europa em julho (tudo incluído). Resolvi olhar mais para o sul e voos Rio-Buenos Aires em janeiro pela AA já passam de dois mil por um voozinho de três horas ou um pouco mais. O real está se dissolvendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que estranho este preço. Dei uma olhada rápida agora e encontrei por R$1.450 na LAN com conexão em SP e R$1.780 na Avianca direto. De vez em quando rolam umas promoções pra lá por menos de R$1.000. As empresas aéreas estão reduzindo o preço das passagens em dólares para não perder passageiros.

      Excluir
  2. Obrigado por mais esta incrível viagem... Eu era daqueles que tinha uma ideia completamente distorcida do que é a Colômbia... Jamais esse país entraria nas minhas lista de países a visitar e agora não descarto essa possibilidade... Tudo graças ao seu excelente Blog... Agora à que trabalhar muito, para que o próximo mochilão seja uma realidade o mais breve possível... Abraço... Celso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita, Celso ! Vale muito a pena conhecer a Colômbia. Uma das coisas mais interessantes de viajar é derrubar preconceitos e aprender um pouco mais sobre lugares antes "proibidos" na nossa cabeça. Abs.

      Excluir
  3. Cheguei atrasado! Meu e-mail tá cadastrado (tentei recadastrar, mas diz que já existe!), só que não recebi atualização alguma -- e isso desde o meio da tua viagem à àsia neste ano. :(

    Muito bacana ver que vc foi na Colômbia, vou devorar agora o relato da viagem. Estive lá em 2012 e fiz basicamente o mesmo roteiro que vc (Bogotá, Medellin, Cartagena, San Andres). Sempre bom ler a forma como vc relata!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Colômbia está definitivamente "na moda" ! Escuto falar de um monte de gente que esteve lá recentemente, e depois que fui, muitos amigos ficaram interessados em viajar pra lá. Isso 10 anos atrás era impensável. Valeu pela visita, e espero que se divirta com os relatos. Que estranho esse problema com o e-mail...

      Excluir
  4. Para variar, adorei seus relatos. Me animei para conhecer a Colombia. Um bju!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou ! A Colômbia vale muito a pena. bjs

      Excluir
  5. Fala, Alexandre! Tô aqui de volta para reler (mais uma vez, ainda que redundante) teus relatos da Tailândia e Cambodja. Vou pra lá em breve! Sempre muito legal reler, e pegar as sempre úteis dicas que vc passa.

    Sei que deve estar próximo das tuas férias tb. Estou no aguardo de mais uma aventura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Marcelo ! E aí, já viajou, ou está nos preparativos ? A Asia é demais ! As próximas aventuras serão no Canadá daqui a 1 mês ! Abs.

      Excluir
  6. Amo seus relatos!
    em relação a fotos, você pede pra outros turistas ou nativos tirarem pra ti?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom ! Obrigado ! Sobre as fotos, eu peço para quem estiver perto ! Nativos ou turistas, tanto faz. Mas quase sempre as fotos saem tortas, sem enquadramento, e eu tenho que editá-las depois para poder postar no Blog. São poucas as pessoas que sabem tirar foto !! hehehe.

      Excluir
  7. Mesmo com atraso, deixo aqui o parabéns e o agradecimento pelo relato! Sempre mt bom acompanhar o seu blog! Nesse ultimo post eu 'senti falta' de algo que sempre tem no ultimo post de cada mochilão, que é a indicação dos lugares a visitar no mochilão seguinte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Douglas. Fico feliz que tenha gostado ! Ano de ajuste fiscal, recessão...eu estava com medo de gastar dinheiro, mas não resisti a uma promoçao de passagens da Air Canada, hehehe ! Vou para o Canadá daqui a um mês. Abs.

      Excluir
    2. A situação está difícil mesmo! O viajante tem sofrido bastante! Você fez bem em não resistir! Os leitores do blog agradecem! hahaha...Estarei de olho aqui para acompanhar mais essa aventura! Boa viagem!

      Excluir

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...