[Mochilão 10] Dia 24: Belgrado

Dormi até meio-dia. Comprei meu café da manhã no supermercado. Pensei em fazer um bate-volta em Novi Sad, a segunda maior cidade do país, mas como acordei tarde, o próximo trem era só às 17h (chegando lá às 18:45). Não ia dar tempo pra conhecer nada lá. Resolvi então conhecer Novi Belgrado (a “Nova Belgrado”), que fica do outro lado do rio Sava.

A ponte Brankov, que liga o centro de Belgrado a Novi Belgrado:

B4B26C082219AC6817796B58ABA42AB1.jpg

Rio Sava:

B4B35AE92219AC6817C11720C516EB34.jpg

Novi Belgrado, uma parte mais nova da cidade, com prédios comerciais e residenciais modernos, edifícios do governo, hotéis e shoppings.

DSC00947.jpg

DSC00944.jpg

B4DE6FD72219AC6817FEDCCC50F70BE3.jpg

Uma cena bem brasileira: carroceiro carregando papelões pelas ruas:

DSC00941.jpg

Mais uma cena bem brasileira: uma mulher carregando uma criança de colo pedindo esmola para os motoristas parados no sinal. Era uma cigana. Os ciganos são a camada mais pobre da população do país. Em outro cruzamento, vi uns meninos jogando água e limpando os vidros dos carros em troca de moedas.

DSC00945.jpg

Uma pequena praia artificial ao lado do shopping. E a placa avisa: “proibido urinar”.

B4B5B6E72219AC68177E9B60B9D62B0C.jpg

Palata Srbije (Palácio da Sérvia), um edifício utilizado pelo governo sérvio:

DSC00951.jpg

Splav na margem do rio:

DSC00949.jpg

Essa splav é um hostel:

B4B83A6D2219AC681760E332A1F914ED.jpg

Diversas outras splavs que funcionam como bares e boates à noite:

DSC00953.jpg

Hotel Jugoslavija, onde há um cassino:

B4BA59D82219AC6817D80BF002FC41AF.jpg

DSC00955.jpg

Esse hotel foi atingido por 2 mísseis durante o bombardeio da OTAN em 1999, mas já foi restaurado. Segue uma foto da época que baixei da internet:

hotel_jugoslavija.jpg

Placa com a “Danube route”, uma ciclovia de 665km que vai acompanhando as margens do rio Danúbio. Dentro de Belgrado, as margens dos rios Danúbio e Sava também tem ciclovias.

B4BBEA012219AC681799F611B91C6B63.jpg

Atingi minha kilometragem máxima do dia. Queria guardar energias para a noite. Peguei um ônibus pra voltar ao centro da cidade. Tentei pagar a passagem direto para o motorista, mas “tomei toco” e tive que descer. Eu precisava comprar a passagem numa banca antes de embarcar. Achei estranho isso, porque no ônibus do aeroporto eu paguei direto pro motorista.

Comprei numa banca o BusPlus, um cartão pré-pago que pode ser usado nos ônibus e bondes da cidade. A jornaleira falava inglês. Pedi pra carregar com duas passagens (145 dinars = R$3,60). Ao embarcar no ônibus, bastou enconstar o cartão num aparelho validador, e o valor da passagem foi debitado. O sistema é parecido com o RioCard pré-pago do Rio.

DSC00957.jpg

As ruas do centro de Belgrado estavam bem cheias:

DSC00958.jpg

Olha a grife aí de novo fazendo sucesso: “shoes from Brazil”:

B4CDE0B42219AC68174EB7B8FEDFC663.jpg

Muitos restaurantes colocam “puxadinhos” na calçada durante o verão:

DSC00959.jpg

Jantei no Martinović, um restaurante self-service onde paga-se por porção. Paguei apenas 550 dinars (R$14).

B4BEE2F72219AC6817C08253840A855A.jpg

DSC00962.jpg

DSC00961.jpg

Ruas e praças da cidade cheias:

B4C149FB2219AC681783A27F242AF8DD.jpg

B4C20D712219AC681751EC6A318E10A9.jpg

Voltei pro albergue, tomei um banho e arrumei minha mochila. Era minha última noite em Belgrado, e última noite das férias !

Passei no supermercado, comprei uma cerveja e dei uma volta na ulitsa Skadarska, a “Rua das Pedras”, onde jantei ontem. Estava bem movimentada:

DSC00967.jpg

B4C490992219AC681714A609828BA406.jpg

Cerveja sérvia Lav que comprei numa loja de conveniência (110 dinars = R$2,75).

B4C610682219AC681748C39F1BC07D2A.jpg

Fui procurar onde era o Club Magacin (que era bem recomendado na internet), mas descobri que ele havia fechado. Fui então para o Republika, que fica ao lado do forte Kalemegdan.

B4C545682219AC6817A444D415BEE6E0.jpg

Na porta tinha um segurança e uma hostess fazendo face control. Como eu estava “na beca” (sapato social e camisa de botão), não fui barrado.

Não fiquei nem 10 minutos lá dentro. Além do cheiro insuportável de cigarro, o lugar era mais lounge que boate. A proporção mulher/homem estava desfavorável e o cardápio não tinha nem os preços. Furada ! Meti o pé.

Como já estava ali pertinho do rio, fui dar uma olhada nas splavs, que são embarcações que ficam atracadas às margens do rio Sava. Achei isso muito maneiro ! Estavam beeem mais cheias que ontem. Fiz uma “baratona” pelas splavs. A primeira foi a Olympic, onde estava tocando uma banda de rock sérvia. Galera roqueira alernativa. Achei a banda muito boa por sinal, mesmo não entendendo nada das músicas. Não paguei nada para entrar nesta splav. Cerveja 500ml por 190 dinars (R$4,75).

B4C6B5C02219AC6817FC1592B2A22BFF.jpg

DSC00972.jpg

DSC00977.jpg

A segunda splav era bem grande, e nela estava tocando uma banda de reggae. Paguei 100 dinars de entrada (R$2,50) e 200 dinars pela cerveja de 500ml (R$5).

B4C8FF972219AC6817E9A0157A0261CB.jpg

DSC00979.jpg

A vista do forte de Kalemegdan nesta splav:

B4CAB8C32219AC6817D695EBC34DD29D.jpg

A terceira splav era menor e tinha um DJ tocando dance music. 200 dinars de entrada (R$5), mesmo preço da cerveja.

B4CB70622219AC68177ABD9638B6863B.jpg

Na quarta e última splav que conheci também tocava dance music. Entrada grátis e cerveja Nikšićko por 200 dinars (R$5)

DSC00993.jpg

DSC00994.jpg

Pequenas pontes de madeira ligam as splavs à margem do rio.

BF0ED7732219AC68173D20982755F963.jpg

As outras splavs próximas estavam meio vazias e achei que não valeria a pena entrar. Tinha mais outras mais afastadas (a uns 2 km de lá), mas não tinha taxi por perto. Sem chances de ir andando pra lá. Já eram quase 5h da manhã, e resolvi voltar pro albergue.

Vi muito mais mulher bonita durante o dia que de noite. Mesmo assim, deu pra ver que as sérvias são bem gatas !! Como só conheci 4 splavs, tenho certeza que tem outras melhores. Deu pra ver que o lugar tem muito potencial.

Chegando no albergue já amanhecendo:

DSC01002.jpg

Ar condicionado gelando no quarto. Ainda bem que conseguiram consertá-lo, porque fazer sauna por duas noites seguidas não rolava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...