[Mochilão 9] Dia 18: Kiev

Acordei bem cedo, às 7h, ainda inconformado de ter perdido a noite de 6ª feira !! A noite de hoje vai valer por duas ! E sem dormida antes !!

Não estava mais chovendo, mas esfriou bastante. Saí pra comprar algo pra comer no quiosque que tinha perto do albergue. Estava tão frio que não rolava de ficar comendo na rua. Voltei pro albergue.

A cozinha do albergue:

DSC08754.jpg

Uma das avenidas da região central da cidade:

DSC08758.jpg

DSC08759.jpg

Friaca de 13 graus !!

DSC08760.jpg

A praça central de Kiev (Maidan Nezalezhnosti):

DSC08761.jpg

DSC08763.jpg

DSC08765.jpg

Este grupo de policiais estava recebendo ordens:

DSC08764.jpg

A bola da Eurocopa:

DSC08768.jpg

Avenida Khreshchatyk, a principal da cidade. Nos finais de semana ela é fechada para o tráfego.

DSC08773.jpg

DSC08774.jpg

Propaganda da Eurocopa:

DSC08776.jpg

O russo, à primeira vista, parece um idioma tão indecifrável como o japonês ou grego, mas se você aprende a correspondência do alfabeto cirílico para o latino, dá até pra entender algumas palavras mesmo sem conhecer o idioma. Por exemplo, na foto abaixo está escrito “ofitsina fan-zona uefa euro 2012”. Essa foi fácil de entender, não ? Mas é uma das poucas excessões. A grande maioria das palavras são indecifráveis.

DSC08777.jpg

Um protesto contra a repressão política na Ucrânia:

DSC08781.jpg

DSC08782.jpg

Uma área com prédios mais modernos:

DSC08784.jpg

Propaganda da Eurocopa:

DSC08785.jpg

O moderníssimo Estádio Olímpico de Kiev, casa do Dínamo de Kiev. Neste estádio será disputada a final da Eurocopa no início de julho. A reforma deste estádio custou quase 500 milhões de euros, quantia que foi fortemente criticada pela opinião pública na Ucrânia. Alguma semelhança com a Copa do Mundo no Brasil ??

DSC08791.jpg

DSC08789.jpg

DSC08790.jpg

DSC08792.jpg

Ih, um carro prata espelhado ! Seria do Exterminador do Futuro ?

DSC08795.jpg

Almoço no mesmo restaurante self-service de comida ucraniana de ontem (Puzata Hata). Dessa vez provei o Chichen Kiev (à direita), que é um frango com batata e queijo MUITO BOM (à direita na foto).

DSC08796.jpg

Peguei o metrô para a estação Arsenalna, ao lado do rio Dnipro. Algumas estações tem máquinas como essa que vendem passagens (fichas), e tem inclusive versão em inglês.

DSC08797.jpg



Prédios modernos à beira do rio:

DSC08798.jpg

Esta parte fica no alto de um barranco, e tem uma vista bonita pro rio e para a outra margem da cidade, que é mais residencial.

DSC08799.jpg

DSC08801.jpg

Crystal Hall, uma boate/casa de shows à beira do rio.

DSC08804.jpg

Nesta região vi muitos noivos tirando fotos.

DSC08803.jpg

DSC08802.jpg

DSC08805.jpg

Vista para o Perchersk, um complexo de igrejas cristãs ortodoxas que fica à beira do rio.

DSC08800.jpg

Mapa do Perchersk:

DSC08807.jpg

Igrejas do Perchersk:

DSC08808.jpg

DSC08810.jpg

Por algum motivo que desconheço, as mulheres entravam nas igrejas cobrindo a cabeça com um lenço, como se faz no islamismo.

DSC08811.jpg

DSC08812.jpg

Uma das igrejas tinha o chão todo coberto por folhas de arruda. As pessoas faziam o sinal da cruz e davam uma inclinada, como no islamismo. Provavelmente isso seja comum na igreja cristã ortodoxa.

Os padres ortodoxos usam batina preta:

DSC08815.jpg

O banheiro do lugar tinha duas portas, uma marcada com M e a outra com Ж. Qual das duas você escolheria ? Fiquei um tempão esperando alguém entrar ou sair pra saber qual dos dois era o masculino. E era o M mesmo.

Peguei o metrô novamente pra estação Hidropark, que fica numa das ilha do rio Dnipro.

Na saída da estação, um monte de pequenas lanchonetes:

DSC08817.jpg

DSC08829.jpg

DSC08830.jpg

Churrasquinho. Na verdade eram uma bolas pretas, sei lá de quê.

DSC08831.jpg

Máquina que vendia “vada” (água):

DSC08816.jpg

Uma das praias da ilha:

DSC08818.jpg

DSC08823.jpg

DSC08826.jpg

Um parque na ilha. Tinha um baile da terceira idade rolando lá.

DSC08827.jpg

Voltei pro centro da cidade. A avenida Khreshchatyk:

DSC08832.jpg

Uma banda tocando rock em russo:

DSC08834.jpg

Um shopping subterrâneo embaixo da praça principal da cidade (Maidan Nezalezhnosti). Durante o inverno deve ficar lotado, com as pessoas evitando as temperaturas negativas e a neve na superfície.

DSC08835.jpg

Loja oficial do Dinamo de Kiev, principal time do país. Comprei uma camisa oficial lá por 340 hryvnias (R$85).

DSC08838.jpg

Propaganda da seleção ucraniana, patrocinada pela Adidas. Dei uma passada na loja da Adidas e comprei uma camisa da seleção igual a essa da foto por 300 hryvnias (R$75).

DSC08839.jpg

Voltei pro albergue, tomei um banho e saí pra comer alguma coisa. Fui no Shelena Mama, um bar do lado do albergue que funciona 24h. O cardápio estava todo em russo, olha que beleza:

DSC08840.jpg

O garçom não falava inglês, só pra complicar mais um pouco. Escolhi aleatoriamente uma das opções dos cardápios, e também a única coisa que eu sabia em russo (aliás, muito importante): "pivo" !!! (cerveja)

Chegou um sanduíche com batata frita. Pelo menos não era nenhuma comida estranha. Aliás, não tive nenhuma má experiência até agora com a comida ucraniana. Muito pelo contrário, a comida é muito boa. Tudo que comi sem saber do que se tratava era gostoso.

A noite foi na D’Lux, boate da elite de Kiev, que fica do lado do antigo estádio do Dínamo. Preços bastante altos para padrões ucranianos: entrada por 200 hryvnias (R$50) sem direito a nada, e cerveja long neck por 30 hryvnias (R$5). Mesmo assim, ainda é barato se comparado aos preços que estou acostumado a pagar no Rio (que são absurdos para o que é oferecido). O lugar era TOP de linha !!! Um lounge no primeiro andar, boate no segundo e um bar com vista pra pista no terceiro. Só GATA !!! Era o paraíso !! Só que ninguém falava inglês... complicado !!! Mas a noite BOMBOU !!! Me chamou a atenção que as mulheres eram todas na faixa dos 25 a 30 anos, mas tinha homens de todas as idades, até de mais de 50 anos. Também era assim na Rússia. Meio estranho isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...