[Mochilão 8] Dia 5: Moscou - São Petersburgo

Último dia em Moscou !! Acordamos mais cedo pra tentar aproveitar melhor o dia.

Fomos almoçar de novo no Grably. Gostamos tanto desse lugar que fomos comer lá nos 3 dias que ficamos em Moscou. Comi 3 tipos de blini (crepe russo) diferentes, com recheios de cogumelos, queijo e carne moída. Comi também carne de porco (pelo menos parecia) e um espetinho de carne de carneiro.

DSC04885.jpg

Pegamos metrô e fomos para a estação de trem Leningradsky. Moscou tem nada mais, nada menos que 9 estações de trem !

DSC04894.jpg

Edifícios no estilo soviético em frente a estação.

DSC04895.jpg

Eu havia comprado a passagem Moscou-São Petersburgo na internet, e precisava trocar o recibo que foi enviado por email (todo em russo) pela passagem. Absolutamente ninguém falava inglês na estação. Felizmente havia um caixa eletrônico onde bastava digitar o número do recibo e do passaporte para que a passagem fosse impressa. O problema é que o menu estava todo em russo, não havia versão em inglês !!!

DSC04896.jpg

Passamos uns 20 minutos tentando de várias formas fazer com que a passagem fosse impressa, mas estava dando algum erro. Depois de várias tentativas, finalmente conseguimos !! Tirei até uma foto comemorando a façanha !!!

DSC04898.jpg

As estações de metrô de Moscou tem uma decoração incrível. É uma herança do governo comunista. Algumas delas tem mosaicos, painéis e candelabros que fazem o passageiro se sentir dentro de um palácio. Acho engraçado que os nomes das estações parecem marcas de vodka (das boas !!!): Arbatskaya, Komsomolskaya, Paveletskaya, e muitas outras "kayas".

DSC04887.jpg

DSC04888.jpg

DSC04889.jpg

DSC04892.jpg

Não podia faltar um mosaico em homenagem ao Lenin !

DSC04899.jpg

Andar no metrô de Moscou não é nada fácil. É tudo escrito no alfabeto cirílico, e achei as indicações bem confusas. Essa placa, por exemplo, mostra as estações próximas, e quais são as linhas que passam nestas estações.

DSC04890.jpg

O transporte em Moscou é muito bom. São 11 linhas de metrô, mais 3 linhas de trem expresso ligando o metro aos 3 aeroportos da cidade. Nessas horas que vemos que o Brasil está bem atrasado quando o assunto é infra-estrutura. A desvantagem do metrô de Moscou é que ele é muito cheio. Parece que a cidade toda anda de metrô. Os poucos ônibus que vi pelas ruas estavam vazios. Mesmo ao meio-dia, fora da hora do rush, os vagões do metrô estavam razoavelmente cheios. Na hora do rush fica impraticável ! Fiquei impressionado também com o intervalo entre os trens. Enquanto no Rio chega a ser de 6 minutos, lá não demorava nem um minuto, e isso fora da hora do rush !

Maquinas que vendem jornal no metrô:

DSC04901.jpg

Vimos alguns mendigos em frente a estação de trem Leningradskaya, mas em momento nenhum vi crianças pedindo dinheiro. Achei a pobreza bem pequena se comparada com o Brasil. Algo que percebi é que entre os moscovitas há muitos com traços orientais, talvez vindos da Sibéria. Os trabalhadores mais humildes, que fazem trabalhos braçais (como as faxineiras do albergue) tem traços orientais.

Descemos em frente a estação de trens Kievsky, numa região com predios comerciais modernos.

DSC04902.jpg

Ali perto fica a Rostovsky Most, uma ponte com uma cobertura de vidro. Muito maneira !

DSC04903.jpg

DSC04904.jpg

Vista do Rio Moscou em cima da ponte:

DSC04911.jpg

DSC04909.jpg

DSC04908.jpg

Dentro da ponte, uma exposição:

DSC04912.jpg

Uma praça em frente a estação Kievsky:

DSC04906.jpg

Voltamos pro albergue pra buscar a bagagem. Já estávamos meio atrasados, e fomos voando pra estação Leningradsky. Nosso trem saindo às 16:30 !! Chegamos quando faltavam apenas 10 minutos...

DSC04913.jpg

Esse é o Sapsan, o trem-bala russo. A viagem de 650Km até São Petersburgo durou 4h, numa velocidade máxima de 200 Km/h. Quando vamos ter um desses no Brasil ?? Se a gente fosse de avião, era bem capaz de demorar até mais que de trem, considerando o tempo de deslocamento até o aeroporto, mais a antecedência necessária pra fazer o checkin.

DSC04915.jpg

DSC04931.jpg

DSC04930.jpg

DSC04918.jpg

O trem percorreu um grande planície com florestas de pinheiros e pequenos vilarejos com casas de madeira.

DSC04923.jpg

DSC04926.jpg

DSC04927.jpg

DSC04928.jpg

DSC04929.jpg

As cervejas que tomamos no trem. Tinha um vagão-restaurante e também um serviço de bordo (pago) idêntico ao dos aviões.

DSC04920.jpgDSC04924.jpg

Chegamos em São Petersburgo e pegamos o metrô. Logo de cara já percebemos que a cidade está mais preparada para o turismo que Moscou, pois as placas no metrô tem tradução em inglês.

DSC04935.jpg

DSC04936.jpg

As estações de metrô da cidade tem um sistema interessante. Os passageiros não conseguem ver os trilhos, porque há uma parede separando a plataforma do vão onde o trem passa. Quando o trem chega, as portas abrem. Olhando assim, parece um monte de portas de elevador.

DSC04933.jpg

Descemos na estação Gostiny Dvor, na Avenida Nevisky, a principal da cidade. Andamos 2 quarteirões para chegar ao albergue (Friends Hostel). A fachada externa é esquisita, mas por dentro achei bem legal. Fomos atendidos por duas simpáticas recepcionistas russas, e também conhecemos um brasileiro que tinha acabado de chegar também.

DSC04937.jpg

Tomei um banho e fomos sair pra comer algo.

A rua do albergue às 23:15 da noite, ainda claro !

DSC04939.jpg

São Petersburgo é uma cidade cortada por diversos canais e pontes, como Amsterdam e Veneza. A primeira impressão da cidade foi nota 10 ! Muito bonita !!

DSC04940.jpg

DSC04942.jpg

DSC04943.jpg

Penamos pra conseguir achar algum lugar aberto pra comer. Achamos um kebab aberto, e estávamos com tanta fome que comemos 2 kebabs !! Não podia faltar uma cerveja "ВАЛТИКА" (Baltika) pra acompanhar...muito boa !

DSC04948.jpg

A Avenida Nevsky por volta da meia-noite, bastante movimentada.

DSC04944.jpg

DSC04945.jpg

DSC04946.jpg

DSC04947.jpg

Demos uma volta pra ver se a gente achava algum lugar legal pra tomar uma cerveja, mas não achamos nada que valesse a pena. Como já estávamos cansados, fomos dormir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...