[Mochilão 6] Dia 7: Washington - Las Vegas

Acordei cedo pra aproveitar o último dia em Washington. Fui no 7-Eleven em frente ao albergue comer o meu tradicional sanduba de café da manhã, com um suco de cranberry. Dei uma volta pelas ruas próximas do albergue, que fica num bairro residencial de classe média só de casas e prédios baixos na periferia da cidade. O bairro é muito bonito e achei seguro. As casas são todas de madeira, sem nenhum tipo de muro, e as janelas não tem grades. Nos jardins era comum achar bicicletas largadas sem ninguém tomando conta por perto. Uma coisa curiosa é que a duas quadras do albergue fica a divisa do DC (District of Columbia) com a cidade de Takoma Park, no estado de Maryland. Mas é como se fosse tudo uma coisa só.

Uma das ruas próximas ao albergue:

EUA_2009_322.jpg

Esquilos e mais esquilos, o tempo todo !

EUA_2009_320.jpg

Peguei o metro e fui pro centro da cidade. Entrei na Biblioteca do Congresso, que é a mais bonita que já vi na vida. É impressionante por dentro !

EUA_2009_328.jpg

EUA_2009_329.jpg

Depois fiz um tour por dentro do Capitólio, que é o congresso americano. Havia uma fila enorme de turistas para entrar no edifício. Primeiro passaram um filme contando um pouco sobre o trabalho dos deputados e da história do congresso. Depois veio uma guia levando o nosso grupo (15 pessoas) para percorrer o interior do edifício, que é muito bonito. Visitamos um salão belíssimo, com pinturas antigas e várias estátuas de heróis americanos, cada um representando um estado.

EUA_2009_332.jpg

Não pudemos visitar a câmara dos deputados, pois era necessário o convite de um deputado para entrar nela.

Essa é a maquete do Mall, que é a "Esplanada dos Ministérios" de Washington. Repare na semelhança com Brasília:

EUA_2009_337.jpg

Saindo de lá, fui no monumento a George Washington, mas não pude subir, pois só tinha ingresso para 7 da noite, e essa hora eu já teria que estar no aeroporto. Fui para a Union Station comer um Gyro Pita.

Voltei pro albergue pra pegar minha mala e ir pro aeroporto, que fica em Dulles, no estado da Virginia. Peguei metrô até uma estação afastada (West Falls Church) e de lá tinha um ônibus que me levou até o aeroporto. Foram 3 horas de voo até Dallas, no Texas, onde encontrei com o Novello, que estava vindo de Durham (Carolina do Norte). Mais 3 horas de vôo até Las Vegas. Chegamos às 11 da noite. 30 graus de temperatura à noite !!! Que diferença para o frio de Washington. Ao esperar as bagagens na esteira, já percebemos que estavamos realmente em Las Vegas. Tinha várias maquinas de caça niquel NO AEROPORTO !!!

EUA_2009_338.jpg

Las Vegas é conhecida como "America's Playground", ou "World's Entertainment City", não apenas pelos enormes e numerosos cassinos, mas também pela vida noturna incrível e pelos numerosos teatros. Tudo isso foi construido no meio do deserto, no estado americano de Nevada, onde no verão a temperatura passa fácilmente dos 40 graus.

Pegamos um taxi pro hotel The Venetian, que ficava na Strip, como é conhecida a Las Vegas Boulevard, principal avenida da cidade. Ficamos impressionados com o hotel. É MARAVILHOSO ! Esse é um dos melhores 5 estrelas de Las Vegas. Além disso, esse é o 6o maior hotel do mundo em número de quartos (4.027), e o 4o maior de Las Vegas. Durante a semana é mais barato. Foram 90 dólares por pessoa a diária. Las Vegas e Paris são as cidades que oferecem o maior número de quartos de hotel no mundo. 15 dos 20 maiores hotéis do mundo ficam em Las Vegas. Com tamanha oferta, o efeito disso é que os preços são muito mais acessiveis. O maior hotel de Las Vegas é o MGM Grand, que é o 2o maior do mundo, com 5.690 quartos. Só para comparar, o maior hotel do Rio (Sheraton) tem 559 quartos. Em lugar nenhum do mundo se encontra um 5 estrelas como o The Venetian por 90 dólares. Esse com certeza é o melhor hotel que já fiquei na vida !! O quarto era SENSACIONAL ! Enorme, com dois ambientes (sala e quarto), duas camas queen size com lençóis de algodão egípcio (a melhor cama onde já deitei !!!), 3 TVs LCD com HDTV (uma de 42" no quarto, uma de 32" na sala e uma de 17" no banheiro), DVD, cortina que abre com controle remoto, sala com sofá em "L", banheira de granito, máquina de fax e xerox. Passava um mês fácil lá, com vida de rei !!!

EUA_2009_342.jpg

EUA_2009_340.jpg

O hotel é uma autêntica réplica de Veneza, como diz o nome. A fachada externa imita o Palazzo Ducale:

EUA_2009_351.jpg

Este é a Torre Campanile di San Marco, idêntica a que existe na Piazza San Marco de Veneza. Na frente dela está a Ponte Rialto, também idêntica.

EUA_2009_346.jpg

Ponte dei Suspiri:

EUA_2009_359.jpg

O cassino é enorme e estava lotado às 2 da manhã. Tem todos os tipos de jogos de carta que se possa imaginar, além dos tradicionais caça-níqueis.

Demos uma volta rapida pela parte de fora do hotel, tiramos umas fotos, e vimos tambem o Treasure Island, que é um hotel que fica em frente, com temática de piratas. Tem dois navios piratas atracados num lago artificial, e uma vila grega, com casas brancas de telhados azuis. Fomos jantar num restaurante do Treasure Island. Como já estava tarde e estávamos exaustos, não rolava night. Resolvemos ir dormir pra aproveitar melhor o dia seguinte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...