[Mochilão 5] Dia 20: Amsterdam

Acordamos às 10h.

Um vídeo que o Novello fez do quarto do albergue:


Pintura na parede do albergue (que se considera "smoker friendly"):

Europa_2008_628.jpg

Demos uma volta pelas ruas próximas ao albergue.

O Novello comendo um Broodje Haring (pão com peixe haring):

CIMG1334.jpg

CIMG1333.jpg

O Koninklijk Paleis (Palácio Real):

Europa_2008_627.jpg

Neumarkt (um restaurante):

Europa_2008_629.jpg

A Centraal Station:

Europa_2008_630.jpg

Por todos os lados da cidade vemos esta inusitada placa: "GEEN FIETSEN PLAATSEN", anunciando que é local de estacionamento proibido de.....bicicleta !! Quem pára nestes locais corre o risco de ter a bicicleta recolhida pela prefeitura. A quantidade de bicicletas que circulam por Amsterdam é tão grande, que é necessário ter um controle sobre os locais onde as pessoas "estacionam".

Europa_2008_631.jpg

Parei no McDonald's da Damrak e comi um McKroket !!! Sanduíche com croquete dentro !!!

Europa_2008_632.jpg

O Novello foi almoçar com um amigo holandês dele, e eu aluguei uma bicicleta pra dar uma volta pela cidade. Tinha combinado de encontrar com o Novello às 17h no albergue.

Andar de bicicleta em Amsterdam é uma experiência única. Há ciclovias em TODAS as ruas, e os ciclistas precisam respeitar as regras de trânsito. Nos sinais vermelhos, é necessário parar, como os carros. Não é como no Brasil, que os ciclistas avançam os sinais vermelhos e ficam desviando dos pedestres que atravessam. A buzina é muito usada pra alertar os pedestres. Uma coisa que me chamou a atenção é que não vi nenhum pedestre caminhando pelas ciclovias, como esses sem-noção que vemos nas ciclovias da zona sul do Rio. A quantidade de ciclistas em Amsterdam é impressionante. Na parte central de Amsterdam tem muito mais gente andando de bicicleta do que de carro ou ônibus. Vi gente de todas as idades pedalado: crianças, velhinhas, homens de paletó e gravata com a maleta presa na garupa, patricinhas adolescentes... todo mundo pedala !!

Comecei o passeio indo para a parte leste da cidade.

Europa_2008_634.jpg

Edificios residenciais com um estilo mais moderno, diferente do centro da cidade, que tem construções mais antigas:

Europa_2008_636.jpg

Europa_2008_638.jpg

O Rijksmuseum, principal museu de artes da Holanda, com o letreiro na frente "I AMSTERDAM";

Europa_2008_640.jpg

De Gooyen Molen, um autêntico moinho holandês.

Europa_2008_643.jpg

Fui pedalando até Zeeburg, uma cidade vizinha. Na Holanda é perfeitamente possível ir de uma cidade a outra de bicicleta, pois as distâncias entre cidades vizinhas nunca passam de 15 ou 20 km.

Ponte que atravessei pra chegar a Zeeburg:

Europa_2008_645.jpg

Video que gravei na ponte. O incrível foi ver que no primeiro mundo também tem engarrafamento !!!



Voltei pra praça Dam, onde devolvi a bicicleta na loja. Foram no total 3h pedalando !!!

Voltei pro albergue e o Novello estava dormindo.

De noite fomos comer num restaurante mexicano. Demos uma volta pela Red Light District, onde encontramos na rua a galera de Recife que tínhamos conhecido no albergue de Paris. Um deles estava doidão porque tinha comido bolo de maconha (???). O outro estava se preparando pro "fight" com uma das meninas expostas nas vitrines.

Demos uma volta pra procurar algum lugar pra fazer uma noitada maneira. Fomos até a Rembrandtplein (Praça Rembrandt), onde fica a maior boate da cidade, a Escape, mas estava fechada. Não achamos nenhum lugar maneiro pra sair (era uma 3a feira). Só tomamos uma cerveja e fomos dormir.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Mochilão 14] Dia 9: Cartagena-San Andrés

[Mochilão 12] Dia 12: Copacabana - Cusco

[Mochilão 13] Dia 20: Abu Dhabi-Dubai