[Mochilão 5] Dia 7: Estocolmo - Oslo

Acordamos às 11h, e fomos almoçar na Kungsgatan.

Depois pegamos um barco no Gamla Stam (Centro Histórico) até a ilha de Skansen.

Europa_2008_179.jpg

Na ilha está o enorme parque do Skansen, que é uma espécie de museu ao ar livre, algo como uma cidade cenográfica que mostra como viviam os suecos antigamente.

Europa_2008_183.jpg

Europa_2008_185.jpg

Europa_2008_186.jpg

CIMG0673.jpg

CIMG0676.jpg

Europa_2008_187.jpg

Dentro do Skansen havia ainda um zoológico.

Saindo de lá, fomos fazer um lanche: um cone enorme de frango com salada e purê de batata. Comia com um garfo.

Europa_2008_184.jpg

Fomos pro Kungsträdgården assistir Suécia x Rússia no telão. O local estava bem cheio. Váaaaarias gatas maravilhosas...nem prestamos atenção no jogo !!! hahaha

Europa_2008_192.jpg

Europa_2008_195.jpg

Europa_2008_196.jpg

Até as garis eram gatas !!! Inacreditável !!!! Olha aí a prova !!!

Europa_2008_194.jpg

suecas1.jpg

Loiraças suecas !!!

suecas3.jpg

Encontramos com o cearense e a sueca que havíamos conhecido na 2a feira. Tiramos essas fotos com eles:

Europa_2008_197.jpg

Europa_2008_198.jpg

Um vídeo que fizemos no local mostrando a torcida sueca...várias gatas !!!

Esse era o nosso último dia na Suécia, infelizmente !! Eu estava adorando tudo, principalmente as mulheres, hehehehehe. Ficamos até uma 21h no jogo, depois voltamos pro albergue e partimos pra estação central de trens.

Nosso trem para Oslo, na Noruega, partiu às 22h. Era um trem noturno, com cabines. Nossa cabine era a mais barata, para 6 pessoas. Era bem apertada, com 2 beliches triplos (!!!). Quase não tinha espaço pra bagagem de todo mundo. Tive que colocar minha mochila atravessada no final da minha cama (onde ficavam meus pés), e não dava nem para eu me esticar direito.

Europa_2008_201.jpg

A impressão que tive da Suécia foi impactante. Primeiríssimo mundo. A cidade é limpíssima, a rede de transportes é ampla e eficiente. Segurança total, pobreza zero (só vimos um único mendigo, provavelmente imigrante). Me chamou a atenção também que não havia quase nenhuma diferença social. Não vimos ricaços ostentando riqueza, nem gente miserável pelas ruas. Os habitantes todos pareciam formar uma grande classe média, com um bom padrão de vida. O Palácio Real, simples e sem ostentação de riqueza, era o símbolo de uma sociedade igualitária e quase perfeita.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Mochilão 14] Dia 9: Cartagena-San Andrés

[Mochilão 12] Dia 12: Copacabana - Cusco

[Mochilão 13] Dia 20: Abu Dhabi-Dubai