[Mochilão 5] Dia 3: Frankfurt

Acordamos às 12h, e aí veio a boa notícia: NOSSA BAGAGEM CHEGOU !!!! Eu já estava quase conformado com a idéia de ter que ir de calça e casaco de moletom pro casamento !

O terno e a camisa social chegaram meio amassados, mas era melhor do que nada.

A Melanie passou de carro no albergue às 14h, e partimos pra Flörsheim, uma pequena cidade a poucos quilômetros de Frankfurt.

Foto no Melaniemóvel:

Europa_2008_017.jpg

Numa Autobahn (estrada sem limite de velocidade) a caminho de Flörsheim:

Europa_2008_019.jpg

Não tente fazer isso no Brasil ! 180Km/h !!!

CIMG0016.jpg

Foto numa das ruas de Flörsheim. Estávamos perdidos, seguindo o GPS, mas ele dava uns caminhos malucos e não achávamos a igreja de jeito nenhum.

Europa_2008_021.jpg

Demoramos um tempo até achar a igreja. Já se aproximava das 15h, mas não estávamos tão preocupados, pois "a noiva sempre atrasa". Será que o mesmo acontece na Alemenha ??? Eis a resposta: quando encontramos finalmente a igreja, os noivos estavam na porta, mas não tinha mais ninguém do lado de fora. Como assim ?! Eles já tinham casado ??? E onde estavam os convidados ? Na verdade, os convidados estavam todos dentro da igreja. Na Alemanha os noivos já entram juntos na igreja. Eles só estavam esperando dar 15h para entrar. Na Alemanha, seria um desrespeito com os convidados atrasar ou entrar antecipado na igreja !!!

Sentamos na última fileira de bancos. Os noivos ainda estavam do lado de fora. O padre distribuiu um papel para todos os convidados com o "script" do casamento, como se fosse o roteiro de uma peça teatral: 1) noivos entram; 2) Padre faz sermão; 3) Amigo 1 faz discurso; 4) Padre faz sermão; 5) Amigo 2 faz discurso; 6) ..... 20) noivos beijam .... Achei muito engraçado aquilo !!!

Como eu estava na beirada do banco, e era na última fileira, o padre veio até mim e falou qualquer coisa em alemão que eu não entendi. A Melanie traduziu pra mim: "Ele te pediu pra fechar a porta da igreja quando os noivos entrarem". Então tá, né... virei porteiro de igreja na Alemanha. Olha aí a prova :

CIMG0023.jpg

Pontualmente às 15h os noivos entraram. Foi o casamento mais globalizado e diferente que já vi. O padre mesclava alemão com inglês no sermão. Ele era um tipo "bonachão" e fazia piadinhas. Uma pena que só entendia as brincadeiras em inglês. Alguns amigos dos noivos discursaram na igreja em alemão, inglês e português. De resto, tudo igual: toca de alianças, o beijo, e os convidados parabenizando do lado de fora da igreja.

Europa_2008_027.jpg

Europa_2008_029.jpg

CIMG0062.jpg

Fomos todos depois para a festa no clube dos Bombeiros da cidade. Tudo MUITO diferente !!! No começo foi servido café, chá e diversos tipos de tortas. Os noivos discursaram para os convidados em inglês e alemão. Nada de música e cerveja, por enquanto.

Europa_2008_035.jpg

Europa_2008_036.jpg

Na Alemanha, os convidados dão dinheiro em vez de comprar presentes. Eles fazem "origami" com as notas de Euros e deixam em algum lugar da festa para os noivos.

Europa_2008_038.jpg

Depois de mais alguns discursos dos noivos, começaram a servir cerveja (obaaaa):

CIMG0090.jpg

Começou a escurecer, e serviram o jantar. A comida era muito boa. Pouco depois, entrou um grupo de umas 20 meninas fantasiadas com perucas black power e fizeram uma performance pra lá de engraçada. Parecia coisa do quadro "Se vira nos 30", do Faustão !!!

Europa_2008_040.jpg

Conhecemos gente de tudo quanto é lugar: Espanha, Alemanha, Sri Lanka, Escócia, Salvador, BH, etc.

O DJ finalmente começou a colocar uma música pra galera dançar. Rolou de tudo um pouco.

Cerveja alemã direto na fonte !!!

CIMG0141.jpg

E a festa continuou noite adentro !!! Nada de acabar... a pista bombando até tarde da noite. O mais engraçado foi a mistura que o DJ fez com as músicas. Teve uma hora que ele colocou um "pout-pourri" de músicas brasileiras beeeem antigas, como Aquarela do Brasil, só que a música era cantada COM SOTAQUE !!!! ahahahaha

Saímos de lá perto das 4 da manhã !!! Foram 9 horas de festa, inacreditável !!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

[Mochilão 15] Dia 23: Quebec - Rio

Último dia da viagem. :-( Mais um dia de sol e temperatura agradável (22 graus). Um dos portões da cidade antiga (Vieux-Quebéc): ...