[Mochilão 4] Dia 2: Atenas

11 horas de vôo até Paris, 4 horas de espera no aeroporto, e mais 3 horas de vôo até Atenas. Em Paris, a surpresa: a policial na imigração não me perguntou NADA ! Só olhou pra minha cara, viu que a passagem era de conexão para a Grécia, e nem carimbou meu passaporte. Só mandou eu passar ! Bom demais pra ser verdade !!!

Saí do Rio às 16h e cheguei a Atenas às 16h do dia seguinte (com 6 horas a mais de fuso horário). Mas o cansaço foi anulado pela euforia de realizar um sonho antigo, visitar um país que sempre quis conhecer.

A paisagem da região de Atenas, quando o avião estava se aproximando da cidade, era incrível ! Um céu azul profundo, sem nenhuma nuvem, contrastando com a cidade de construções baixas e predominantemente brancas. Está explicada a bandeira grega, de cores azul e branca.

Peguei o metrô no aeroporto. Sentada na poltrona ao meu lado, uma greguinha linda, na casa dos 25 anos, discutia com alguém no celular e choramingava. O que parecia impossível de entender em grego, acabou ficando fácil...ela só podia estar discutindo relacionamento com o namorado.

Desci na estação Omonoia, nome de uma praça no centro de Atenas. O lugar era bem esquisito. Sujo, e cheio de gente mal encarada. Pelo menos ainda estava claro. O albergue (Louzani) estava na rua Kapodistriou. Na esquina, dois travecos aguardavam seus clientes, e lixeiras transbordavam de lixo. Comecei a achar que tinha escolhido o lugar errado para me hospedar.

O recepcionista era um grego de poucos sorrisos, bem ríspido e mal-educado. Fiz o check in e subi com a mochila pro quarto, que tinha 2 beliches e um banheiro dentro. Felizmente tinha ar condicionado, porque fazia um calor de 36 graus.

Europa_2007_002.jpg

Saí pra conhecer a cidade. Desci uma rua em direção a famosa Acrópole, cartão postal do mundo, patrimônio da humanidade, que estava ansioso por ver com meus próprios olhos !!!

Uma praça próxima ao albergue:

Europa_2007_003.jpg

Descendo a rua, já era possível avistar Acrópole láaaa longe:

Europa_2007_005.jpg

Cocô Café....vai encarar ?

Europa_2007_006.jpg

O alfabeto grego me fazia lembrar aquelas fórmulas malucas de física e matemática no colégio.

Europa_2007_007.jpg

Europa_2007_008.jpg

Cheguei a Plateia (Praça) Monastiraki, região movimentada, com muitos turistas, e bem próxima à Acrópole:

Europa_2007_010.jpg

A Mesquita Tzistaraki, do Século 18, construída no período de dominação turca. A Grécia já foi dominada pelos Macedônios, Romanos, Bizantinos e Turcos, só se tornando independente no século 19.

Europa_2007_012.jpg

Ruínas próximas a Acrópole:

Europa_2007_014.jpg

Europa_2007_015.jpg

Europa_2007_018.jpg

Plaka é uma simpática região aos pés da Acrópole, com muitas ruas de pedestres, bares e restaurantes ao ar livre.

Europa_2007_016.jpg

Europa_2007_021.jpg

Europa_2007_027.jpg

Próximo à Praça Monastiraki há uma rua de pedestres com muitas lojas de souvenirs. Entrei numa delas pra comprar uma camisa do Olympiakos, time onde o Rivaldo jogou. Entrei em mais duas lojas, onde comprei mais uns souvenirs. A vendedora de uma das lojas era uma greguinha linda e super simpática. Ela acertou minha nacionalidade, e quando eu perguntei como ela sabia que eu era brasileiro, ela disse: "you look very brazilian". hahahah !!! Achei muito engraçado escutar isso !!!

Ao anoitecer, a Acrópole iluminada no alto da montanha era uma imagem sensacional, ainda mais com a lua cheia brilhando ao lado !!!

Europa_2007_028.jpg

Este é o Gyros, o "churrasquinho grego" como conhecemos no Brasil. A diferença é que não tinha carne bovina, só podia escolher entre frango e cordeiro, e vinha com iogurte e salada. Apenas 2 euros !!!

Europa_2007_030.jpg

A Ermou, rua de pedestres que liga a Praça Monastiraki a Praka Syntagma (pronuncia-se "Sintarma"):

Europa_2007_022.jpg

As ruas de pedestre próximas a Acrópole estavam lotadas de turistas e gregos. Fazia muito calor, mesmo a noite, e muita gente aproveitava para jantar ou tomar uma cerveja em bares e restaurantes com mesas ao ar livre.

Achei as gregas em geral bonitas. São uma mistura das italianas com as turcas. Historicamente isso faz todo o sentido, pois a Grécia já fez parte do Império Romano e do Império Otomano (originado na Turquia).

Voltei pro albergue às 23h, tomei um banho e apaguei na cama.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Mochilão 14] Dia 9: Cartagena-San Andrés

[Mochilão 12] Dia 12: Copacabana - Cusco

[Mochilão 13] Dia 20: Abu Dhabi-Dubai