[Mochilão 2] Dia 24: Venlo

O café da manhã servido pela mãe da Lilian foi quase um banquete. Um pão delicioso, que ela mesma fez em casa, acompanhado de queijo gouda (típico holandês), muito bom ! E uns tipos diferentes de iogurte que eu adorei. Na Holanda, as pessoas têm o costume de tomar um café da manhã reforçado, pois o almoço é substituido por uma "almojanta" por volta das 5 da tarde.

Conversamos bastante à mesa, mesclando inglês e holandês. Às vezes, o pai e o irmão da Lilian falavam rápido demais, e eu ficava com cara de pastel. "Langzamer" (mais devagar), eu pedia. Eles demonstravam curiosidade sobre o Brasil e ouviam interessados as coisas que eu contava daqui.

A TV estava ligada na cozinha, e passava as notícias locais. Era até engraçado de ver como a realidade deles é outra. Eles ficavam chocados com notícias como a de um acidente com caminhões numa estrada, e o roubo de encomendas de uma van da empresa de correios holandesa.

O padrão de vida deles era bom, considerando que o pai era carpinteiro, e a mãe professora. Eles viviam numa casa bonita e confortável, sem grandes luxos, mas com muito espaço. O pai tinha uma Mercedes na garagem e a Lilian também tinha eu próprio carro.

Saí com Lilian para dar um passeio de bicicleta. Ela levou o mapa de ciclovias da província. Saímos de Venlo, e 2Km depois estávamos na zona rural. De tempos em tempos parávamos para ela consultar o mapa e ver o caminho correto. As ciclovias são todas sinalizadas e ligam as cidades, como se fossem estradas.

Fomos até Baarlo, uma pequena cidade a 4Km de Venlo. Atravessamos o rio Maas por uma balsa:


DSC01746.jpg

Com Lilian na entrada de Baarlo:

DSC01747.jpg

Zona rural de Venlo:

DSC01748.jpg

A ciclovia-estrada:

DSC01751.jpg

Voltamos pra casa, jantamos e mais tarde partimos pra night na Alemanha. Isso mesmo, saimos da Holanda pra fazer night em outro país !!! Fomos de carro até a cidade de Geldern, a apenas 20Km de Venlo. A única coisa que me fez perceber no caminho que estávamos em outro país foi uma pequena placa na estrada escrito "Wilkommen zum Nordrhein-Westfalen" (Bem-vindos a Nordrhein-Westfalen, que é uma província alemã). Fomos na E-Dry, uma mega boate, muito maneira ! Tinha vários ambientes e a cerveja era ótima (também né, na terra da cerveja...) Ficamos lá até amanhecer.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[Mochilão 14] Dia 9: Cartagena-San Andrés

[Mochilão 12] Dia 12: Copacabana - Cusco

[Mochilão 13] Dia 20: Abu Dhabi-Dubai